top of page

11 hábitos que fazem mal aos dentes



Você pode escovar os dentes, usar o fio dental e ir ao dentista regularmente para manter seu sorriso brilhante e saudável, mas você sabe quais hábitos podem ser prejudiciais aos dentes? Provavelmente você já sabe que o consumo de alimentos com muito açúcar entre as refeições é um mau hábito, mas alguns outros hábitos que prejudicam os dentes não são tão óbvios. Será que existe alguma coisa que você está fazendo todos os dias que está colocando sua saúde bucal em risco? Conheça alguns hábitos prejudiciais para a saúde bucal aos quais devemos estar atentos.

 

1. Escovar os dentes e a gengiva com muita força


Sim, é possível exagerar na escovação dos dentes. A Associação Americana de Odontologia (ADA) afirma que o uso de uma escova de dente de cerdas duras ou a aplicação de muita força durante a escovação pode danificar a gengiva e os dentes. Para evitar isso, use uma escova de dente com cerdas macias e escove os dentes delicadamente com movimentos amplos.


2. Roer unhas


Se você precisar de um incentivo adicional para parar de roer as unhas, pense nos danos que pode estar causando à mandíbula e aos dentes. De acordo com a ADA, roer unhas pode causar disfunção mandibular porque faz com que você mantenha a mandíbula em posição de protrusão por longos períodos. Além disso, roer as unhas pode lascar os dentes. Para conter esse hábito, tente pintar as unhas com esmalte.


3. Mastigar gelo


Depois de tomar uma bebida gelada e refrescante, você mastiga distraidamente os cubos de gelo que ficaram no copo? Se você não quer correr o risco de quebrar um dente ou uma restauração, a ADA recomenda o uso de canudos ou o consumo de bebidas sem gelo para ajudar a eliminar esse hábito.


4. Ranger ou apertar os dentes


Ranger e apertar os dentes é geralmente um hábito subconsciente, mas que pode danificar os dentes e causar dores musculares e restrição dos movimentos da mandíbula. Para ajudar a prevenir esse hábito nocivo, a ADA recomenda exercícios de relaxamento, um protetor bucal noturno e tentar reconhecer quando o cerramento ou ranger de dentes começa.


5. Uso de produtos de tabaco


Seja cigarros, charutos ou tabaco mastigável, a Cleveland Clinic afirma que todos os produtos de tabaco são prejudiciais aos dentes e à gengiva. O uso de tabaco aumenta o risco de doença periodontal, mau hálito, boca seca, cárie dentária e câncer de boca. Fale com o médico sobre programas para ajudá-lo a abandonar o uso do tabaco.


6. Chupar o dedo


Chupar o dedo é bom para bebês, mas a partir dos 5 anos de idade, esse hábito pode resultar em dentes desalinhados, observa a Cleveland Clinic. À medida que a criança cresce, o desalinhamento pode levar a sérios problemas dentários. Se seu filho tem 2 anos ou mais e continua a chupar o dedo, o pediatra ou odontopediatra pode dar conselhos para ajudar a criança a deixar esse hábito.


7. Uso de palitos de dente


Você pode achar que está fazendo a coisa certa ao retirar os restos de alimento dos dentes após uma refeição, mas mexer na boca com palitos ou outros utensílios não dentários pode causar danos e infeção na gengiva, de acordo com a Mayo Clinic. Em vez disso, use fio dental ou um instrumento de limpeza interdental para remover os alimentos presos entre os dentes.


8. Uso indevido dos dentes


Sempre que você segura algo ou abre um pacote com os dentes, está correndo o risco de lesionar a mandíbula ou de quebrar um dente, explica a ADA. Leve o tempo necessário para realizar sua tarefa e não use os dentes como uma terceira mão ou uma tesoura.


9. Beber refrigerantes


Beber refrigerantes gaseificados regularmente pode levar à erosão do esmalte dos dentes, como adverte o Centro Médico da Universidade de Rochester. Substitua o refrigerante por água (de preferência fluoretada), leite ou chá verde ou preto. Essas bebidas podem ajudar a fortalecer o esmalte e proteger os dentes das bactérias da boca.


10. Comer guloseimas com muito açúcar


A ADA explica que comer aperitivos com alto teor de açúcar entre as refeições alimenta as bactérias da boca que causam cárie. Faça refeições equilibradas para que você não sinta fome entre as refeições e, se comer algo açucarado, beba bastante água depois.


11. Deixar de ir ao dentista


Junto com esses hábitos que prejudicam os dentes, evitar os cuidados dentários preventivos também pode impactar a saúde bucal. É fácil dizer a si mesmo que está muito ocupado para fazer uma avaliação odontológica, ou que a pontada de dor que você está sentindo sempre que morde vai desaparecer espontaneamente, mas não deixe de ir ao dentista regularmente. Da próxima vez que você se sentir tentado a adiar o agendamento de uma consulta odontológica, ligue pro seu dentista e marque uma consulta.

 

Posts recentes

Ver tudo

Comentários


bottom of page